FEARG
Breve Histórico

A primeira edição da FEARG foi realizada de 23 a 29 de junho de 1978, no estádio coberto da Associação Atlética Banco do Brasil, contando com a participação de 45 expositores. O sucesso foi imediato, pois, na quarta edição da Fearg que ocorreu no ano de 1981 o espaço teve de ser alterado para as dependências do Cine Glória, no centro de Rio Grande, podendo assim contar com o dobro de expositores.

Ao seguir em uma crescente procura de expositores, a Fearg passou para o estacionamento coberto do Supermercado Guanabara e logo em seguida, teve de ser transferido para o estacionamento coberto do antigo Supermercado Kastelão. Os armazéns do Porto Velho também serviram de casa para a Feira e foi neste ano que ela alcançou um recorde de público pagante. Com o desenvolvimento e crescimento da Fearg e com o apelo que ela tinha junto ao público, o aumento do número de expositores que expunham produtos industrializados e serviços passaram a concorrer com os artesãos que mostravam seus trabalhos.

Foi junto a 18ª edição da Fearg que nasceu a Feira de Comércio, Indústria e Serviços (Fecis), que a partir de então passou a ocorrer simultaneamente à Fearg. A divisão ocorreu, pois a feira apenas como de produtos artesanais vinha sofrendo grande influência dos produtos industrializados. Na 19ª edição a Fearg, junto com a Fecis se transferiram para o recém nascido Centro Municipal de Eventos, no Recinto Ferroviário do Rio Grande que foi abandonado com a privatização da Rede Ferroviária Federal S.A.

O critério de seleção dos expositores sempre foi voltado ao artesão e ao comércio local, ou seja, a participação exclusiva de expositores locais, o que ocorreu também em 2000, com a parceria entre SMHAD e a Associação das Micro, Pequenas e Médias Empresas do Rio Grande - AMPERG. Em 2001, renovou-se essa parceria e também se abriu a feira para expositores de outras cidades. Foi neste ponto que a Fearg/Fecis passou a receber expositores de diversos locais do estado do Rio Grande do Sul e de outros estados brasileiros. Abrindo as portas ao expositor de fora da cidade, passo crucial para a feira internacional que se desenvolveu em 2012.

Outra novidade que se apresentou na 23ª FEARG e 6ª FECIS foi a transferência da área de shows para uma área de 1.500m², com cobertura e fechamentos laterais em lona e utilização do Centro Turístico do Rio Grande como gastronomia alternativa, área para shows menores e exposição de artesanato, além do Museu do Trem. A área de recreação infantil ficou estrategicamente localizada junto à gastronomia e a feira ganhou mais espaço. Em sua constante de crescimento as feiras se organizaram ao longo dos anos, a 26ª edição da Fearg e 9ª Fecis modificaram os layouts possibilitado assim uma melhor acomodação das duas feiras criando espaços distintos para valorizar as características especiais de cada uma delas.

Em 2006 a organização das feiras passou a homenagear os povos que formaram o Rio Grande do Sul e sua contribuição sócio-cultural para a nossa história. Neste mesmo ano, as feiras deixaram a tradição de possuir uma corte formada por rainhas e princesas possibilitando uma maior representação da feira e possibilitando assim homenagear as etnias que formaram nossa cidade.

Foram seis jovens que representaram as etnias: africana, alemã, árabe, italiana, polonesa e portuguesa que recepcionavam os visitantes ao chegarem aos pavilhões do Centro de Eventos. Em 2007, com o tema “Nossa Feira, Nossa Terra, Nossa Gente” os números culturais impressionam pela qualidade do que foi apresentado ao público. Durante as feiras, sete palcos dividiram os mais de seis mil artistas nas mais diversas modalidades musicais e artísticas. Nesse mesmo ano foi criado o Festival de Arte e Cultura Seiva da Terra, modalidades música, poesia e dança, atraindo artistas e visitantes de toda a região em uma grande integração cultural.

Em 2008 a FEARG/FECIS inovou com a realização de seu primeiro desfile temático com carros alegóricos, que durou 3 dias, tendo cerca de 1000 participantes por apresentação, o que contribuiu significativamente para a expansão do setor cultural do evento. Em 2009 a FEARG/FECIS homenageou a etnia afro. Foi apresentada, também, uma embaixatriz representando a cultura indígena. Em 2010 a homenagem foi para a etnia portuguesa e a programação artística e cultural contou com shows nacionais de grande porte. Os anos de 2010 e 2011 serviram para qualificar as feiras e agregar novos parceiros e comerciantes. Em 2011, a fila de espera por um estande na Fearg/Fecis surpreendeu a equipe organizadora. A homenagem a cultura espanhola embalou os dias em que aconteceram o evento.

A etnia Alemã foi homenageada em 2012. Em 2013, foi homenageada a cultura árabe. Em 2014 foi homenageada a tradição gaúcha. Em 2015 a etnia italiana e por fim, em 2016, encerrando as homenagens, a cultura polonesa. Nos anos de 2014 e 2015 a feira aconteceu apenas no lado externo do Centro Municipal de Eventos. Em 2016, uma nova experiência foi realizada passando o evento para o estacionamento do Shopping Praça Rio Grande. A partir de 2017, a organização do evento excluiu da comunicação do evento o termo "Fecis" e realizou a adequação do nome reconhecido popularmente do evento: Fearg. A 39ª Fearg - Feira do Artesanato, Comércio, Indústria e Serviços do Rio Grande acontecerá de 28 de junho à 16 de julho, nos pavilhões do Centro Municipal de Eventos. Depois de 10 anos, a Feira voltará a contar com uma Rainha e uma Princesa para sua representação.

Gastronomia

Em breve você conferirá aqui o que terá de melhor na gastronomia da 39ª Fearg

Galerias 2017

shows

Os melhores shows nacionais você confere na Fearg.

estandes

A Fearg conta com mais de 300 expositores para você encontrar tudo que precisa para aquecer o seu inverno.

dança

Os palcos do evento abrem espaço para os mais variados estilos de danças.

musica

Artistas dos mais diversos estilos passam pelos palcos do evento.

público

Com a volta ao Centro de Eventos haverá muito mais conforto para nossos visitantes.

gastronomia

As melhores opções gastronômicas estão na Fearg.

fotos em destaque

ver todas

Etnias

Foram 10 anos homenageando as culturas do Rio Grande do Sul.

Atrações

As mais variadas atrações.

Diversão

Diversão garantida para todas as idades.

Shows

Atrações nacionais são destaque.